Com o formato de cobrança recorrente, a previsibilidade se torna maior, entenda mais algumas vantagens de utilizar esse formato de pagamento.

Conheça as vantagens da cobrança recorrente para seu negócio

A cobrança recorrente é aquela associada a planos, assinaturas, mensalidades, contratos. O nome recorrente vem do fato de que ela se repete todos os meses, em uma data específica. É como se fosse a cobrança de alguma conta de serviço público (água, luz, telefone, internet), que temos que pagar todos os meses.

Em geral, os pagamentos recorrentes são mais complexos que os pagamentos comuns, envolvendo a análise de indicadores e processos específicos. Saiba mais sobre esse assunto, a partir da leitura deste post!

As características dos negócios recorrentes

Os negócios recorrentes são diferenciados porque a receita oriunda da prestação de serviços acontece durante um longo período de tempo e o retorno do investimento também se baseia no período em que essa receita existe.

Caso o cliente fique feliz com os serviços prestados, ele continuará solicitando seus serviços, ou seja, manterá a assinatura. Os lucros dos negócios recorrentes são produzidos a partir de cada um desses clientes. Somente aumentarão se o cliente continuar como assinante.

Por outro lado, se o cliente estiver insatisfeito, ele cancelará a assinatura e o negócio reduzirá seus lucros. A assinatura cancelada levará consigo os custos de investimento para captar esse cliente.

Os tipos de cobrança recorrente

A cobrança recorrente é feita automaticamente e se divide em 3 tipos:

  1. boleto bancário;
  2. débito bancário;
  3. cartão de crédito.

O boleto bancário

O boleto bancário é muito usado em nosso país nas negociações B2B. É um tipo muito popular de pagamento, pois gera praticidade. Ele é útil para compradores que não têm cartão de crédito ou para aqueles que não dispõem de conta bancária, cuja abertura envolve alguns custos de administração. Taxas de boleto são mais baixas, o que é interessante para o consumidor.

O tempo para reconhecer o pagamento via boleto bancário pode ser de até 5 dias, sendo essa uma de suas desvantagens. Há consumidores que podem desistir do negócio, insatisfeitos com essa demora. O risco de inadimplência é maior que nos outros tipos.

O débito bancário

Esse tipo de cobrança recorrente consiste na autorização dada ao banco pelo cliente para que seja transferido um valor específico, em uma data específica, de sua conta para outra conta. Trata-se, portanto, de uma transferência programada.

Dessa maneira, o pagamento é realizado de forma pontual, favorecendo o consumidor e o prestador de serviços recorrentes.

Contudo, há restrições dos bancos na liberação de convênios para débitos automáticos. Seria preciso que a empresa abrisse convênios em diferentes instituições bancárias (ao menos, nas principais) para que o cliente tivesse muitas opções.

O cartão de crédito

Esse cartão tem como função garantir o pagamento por determinada assinatura por um tempo específico. Se o cliente permitir, a empresa poderá salvar os dados do cartão e automatizar cobranças no futuro. Assim, evitam-se atrasos por qualquer motivo, inclusive esquecimentos, e o cliente livra-se dos juros e multas que habitualmente incidem sobre os pagamentos feitos depois da data de vencimento.

Em alguns casos, a empresa pode mesmo suspender a prestação do serviço contratado — geralmente, quando o atraso é muito longo.

O cartão de crédito é uma forma de cobrança recorrente cômoda para o comprador e oferece maior segurança para a empresa, que gozará de melhor controle financeiro, sabendo a data exata em que entrará dinheiro para compor a receita do negócio.

O cartão de crédito permite o parcelamento. Assim, o cliente pode parcelar o pagamento em diversas vezes, dependendo das opções oferecidas pela empresa. O parcelamento, contudo, envolve a incidência de juros na maioria das vezes.

A empresa pode antecipar o recebimento do dinheiro (que geralmente é mensal, ou seja, a cada 30 dias) por meio do pagamento de uma taxa de antecipação.

As vantagens da cobrança recorrente

Veja algumas vantagens para utilizar os tipos de cobrança recorrente.

1. Menor risco de inadimplência

Uma das mais importantes vantagens é que os riscos de inadimplência tendem a diminuir, especialmente no débito automático e no cartão de crédito. No primeiro, o pagamento é automático, descontado diretamente da conta do cliente. O segundo vem incluso na fatura do cartão, com as outras compras e serviços contratados efetuados pelo cliente.

Por se tratar de uma forma de cobrança com data de pagamento definida e automatizada, o cliente tem menos possibilidades de cair em inadimplência.

2. Previsibilidade financeira

Como vimos, a cobrança recorrente permite um melhor controle financeiro para o fornecedor de serviços. Ele poderá planejar investimentos e datas para o pagamento de seus próprios fornecedores com mais efetividade.

Sabendo em que dia a empresa receberá dinheiro, fica mais fácil prever ações, controlar o orçamento, reduzir despesas, antecipar ou adiar compras, planejar estratégias e assim por diante.

3. Menor barreira de entrada para novos clientes

Outra vantagem do pagamento recorrente é a flexibilidade de entrada. Os clientes pagam pela utilização de um serviço, e não pela aquisição de um produto. Nesse caso, podemos confrontar o binômio direito de uso x direito de propriedade.

Dessa maneira, é possível garantir um preço menor em médio e em curto prazo. O pagamento recorrente pode ser efetuado por mês, trimestre, semestre ou ano (ou em qualquer outro período).

Esse fator também ajuda a fidelizar clientes, pois os benefícios são ofertados conforme o plano escolhido pelo cliente. Caso o cliente escolha o plano anual, ele poderá usufruir de um desconto (25%, por exemplo) ou receberá um recurso adicional.

4. Redução de custos

Outro benefício da cobrança recorrente é a redução de custos com funcionários e conciliação. Já que o pagamento é realizado de forma automática, não se faz necessário contar com a atuação constante de uma equipe de cobrança.

Funcionários demandam, não somente dinheiro, mas um tempo maior para a efetivação dos resultados.

5. Taxa de cancelamento como indicador de desempenho

A taxa de cancelamento, que indica o percentual de assinantes que desistiram do serviço (cancelaram a assinatura), serve também como um indicador de performance da empresa.

Caso essa taxa seja elevada, é sinal de que os produtos/serviços ofertados pelo fornecedor precisam passar por algumas melhorias.

A importância de contar com uma empresa de confiança

É importante que o fornecedor dos serviços receba assessoria de uma empresa especializada em cobrança recorrente. Dessa forma, ele contará com sistemas mais avançados e profissionais mais especializados para efetuar esse trabalho.

Apesar da automação, é importante receber ajuda e dispor de softwares adequados para a gestão das cobranças recorrentes.

A cobrança recorrente é mais eficiente e segura para a empresa e também pode facilitar a vida do cliente. Você já sabia que existiam tantas vantagens assim?

Aproveite e entre em contato com a Dropo, que oferece sistema online para gestão de micro e pequenas empresas!


Deixe uma resposta